Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.

Entrevista com Pedro Brum, especialista na modalidade Omaha

Entrevista com Pedro Brum, especialista na modalidade Omaha

"Acho que antes de se aventurar em grandes torneios, é preciso estudar bastante o jogo, praticar, desenvolver uma forma sólida de jogar".

por Academia   |   comentários 0

O gaúcho, Pedro Brum, nascido em Porto Alegre, é o entrevistado da Game Play Poker. Este atleta tem-se destacado no cenário brasileiro de poker e traça grandes metas para o seu futuro.

Recentemente, Pedro conquistou o título do PL Omaha do KSOP Rio de Janeiro, modalidade na qual se está a espacializar cada vez mais. Superou grandes jogadores na disputa, como: Pablo de Menezes, Paulo Gini, Felipe Beltrani, entre outros.  

Na temporada passada, o gaúcho falhou por pouco e acabou na terceira posição do ranking. Mas Brum já afirmou que um dos grandes objetivos para esta temporada é encerrar a sua participação no topo do ranking. O jogador mostrou confiança e prometeu dar o seu máximo para atingir a sua meta.

Siga a entrevista completa com Pedro Brum:

1- Como iniciou a sua trajetória no Poker?

Iniciei a minha trajetória num jogo entre amigos, há cerca de 12 anos atrás, e apaixonei-me logo pelo poker.

2- Já já sofreu algum tipo de preconceito por parte de amigos ou familiares por causa do jogo?

O desconhecimento e a desinformação sobre o assunto costumam causar uma certa desconfiança, sim, e passei por isso. Mas um pouco de paciência e interesse em explicar resolveram tudo. Hoje em dia todos me apoiam e têm consciência do crescimento do poker como um desporto da mente no Brasil.

3- Como procura melhorar o seu jogo hoje em dia?

Gosto muito de ler obras e artigos sobre o poker, além de comentar e rever as minhas jogadas e decisões com amigos jogadores.

4- Quais são os objetivos futuros para a sua carreira no poker?

Pretendo aprender e aprimorar ainda mais o meu conhecimento sobre o jogo e explorar novas modalidades. Tenho o sonho de um dia jogar a WSOP em Vegas!

5- O que está a achar da evolução do desporto e dos jogadores no Brasil?

É um momento muito bom para o poker como desporto. A organização desses grandes torneios que temos com certeza propicia uma evolução técnica dos jogadores também.

6- Quais são as suas principais inspirações no poker?

Admiro carreiras exitosas, grandes conquistas dentro do poker. Daniel Negreanu, por exemplo. Tem um vida toda dedicada ao poker. Certamente é uma inspiração.

7- Além do poker, possui alguma outra fonte de rendimento?

Sim, sou advogado. Ainda não sou profissional do poker. Quem sabe um dia...

8 - Recentemente foi campeão do PL Omaha do KSOP. Como se sentiu após conquistar esse título, superando grandes adversários?

Foi uma sensação maravilhosa e o meu principal título até então. Muito bom ver que anos de dedicação e estudo valeram a pena, pois é muito difícil vencer um torneio desse nível com grandes jogadores.

9 - Que dicas pode dar a quem está a pensar em começar a praticar o poker?

Acho que antes de se aventurarem em grandes torneios é preciso estudar bastante o jogo, praticar, desenvolver uma forma sólida de jogar. A gestão de bankroll é muito importante também para poder praticar o poker de uma maneira responsável.

Partilhar "Entrevista com Pedro Brum, especialista na modalidade Omaha" via: